O mundo está descobrindo a Cachaça

O mundo está descobrindo a Cachaça

Bar americano utiliza cachaças artesanais na preparação de drinks sofisticados

Existe uma certa beleza na cachaça, a bebida típica do Brasil, difícil de descrever. Ainda novidade nos Estados Unidos como uma categoria de bebida alcoólica, este destilado de cana fresco é, atualmente, um dos mais consumidos no mundo.

 

Embora muitos americanos tenham a experimentado mesmo em caipirinhas, algumas pessoas têm explorado cachaças mais complexas puras ou em alguns coquetéis. Agora há mais categorias de cachaças artesanais disponíveis no país. Destiladas e envelhecidas em barris de madeiras brasileiras – fora do país de origem – bartenders têm descoberto novas formas de apresentar esta bebida a utilizando mais como um rum.

Diversificando um pouco do estilo tropical, Maison Premiere, diretor do bar Will Elliot fez uma abordagem diferente da cachaça, como uma variação do Collins, envolvendo limão, compota de blueberry e conhaque de ameixa francês.

Will Elliott – photo: LIZZIE MUNRO

Usando a Avuà Cachaça Tapinhoã, uma edição limitada envelhecida em uma espécie de madeira rara. O coquetel elaborado para o bar Elliot, chamado Seven-Year Itch, é assumidamente uma forma errada de usar esta bebida de corpo intenso e é tão gostoso quanto aparenta ser. “Outros destilados de cana de açúcar perdem seus sabores nos barris”, observa Elliot. “Tem algo sobre a cachaça que nos cativa”. O sabor da madeira agindo em contraste com o verde da cana e aromas de caramelo.

Considerando a diversão, o espírito descontraído do Brasil e a história da cachaça no país, beber raras cachaças em alguns coquetéis ornamentados feitos com conhaques franceses tão especiais quanto, soa bem incomum, mas o primeiro gole em um Seven-Year Itch rapidamente muda esta perspectiva.

Enquanto a maioria das cachaças que são consumidas consideram apenas a quantidade, complexos e delicados sabores são o que realmente essas novas cachaças abordam. Semelhante ao estilo de um Scotch puro malte que prioriza um incrível paladar.

No caso do coquetel de Elliot e outros ao redor dos Estados Unidos, que estão apresentando a bebida nas melhores formas possíveis, enquanto move a cachaça para outro patamar, além da caipirinha.
Aproveite!

 

Seven-Year Itch

Ingredientes
1 dose de Avuà Cachaça Tapinhoã
1 dose de Le Vieille Prune (conhaque de ameixa)
¾ dose de limão espremido
½ dose de compota de blueberry
3 salpicadas de bitter Angostura

 

Modo de fazer
– Coloque os ingredientes em um copo alto
– Adicione gelo picado e misture com uma colher
– Complete o copo com gelo e uma cobertura de Velvet Fernet
– Finalize com um canudo e algum ornamento como uma fatia de maçã

 

Matéria traduzida de: Foodrepublic
Categorias Matérias

Sobre o Autor

Bartender Store

Quem eu sou? Sou o zest de limão no seu Martini, o aroma do Bloody Mary, a refrescancia da folha de hortelã no seu Mojito, sou a felicidade do cliente e o sorriso do bartender, estou em cada momento de prazer proporcionado pelo drink perfeito! Sou parte de um todo, sou a Arte da Coquetelaria dentro de você! Sou Bartender Store! Visando propagar e facilitar o acesso aos instrumentos e conhecimentos da Coquetelaria, estamos presentes no mercado desde 2010 e com muita dedicação nos tornamos o maior Portal de Coquetelaria do Brasil, com a venda de produtos voltados para todas as áreas da coquetelaria, Escola de Formação Profissional para Bartenders, eventos corporativos de médio porte e a pioneira a fabricar Bares Móveis Personalizados com diversificados formatos portáteis para atender a todo o público de Bartenders, Bares, Casas Noturnas e estabelecimentos voltados para a área de eventos.

Escreva um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.
Campos obrigatórios*